Um terço dos argentinos está abaixo da linha da pobreza, diz governo

Folha – 29.09.2016 LUCIANA DYNIEWICZ Um em cada três argentinos está abaixo da linha da pobreza, de acordo com o primeiro levantamento sobre o assunto realizado no país desde o fim de 2013. Nos últimos anos de Cristina Kirchner no poder, o governo decidiu não ter estatísticas de pobreza por considerar que elas estigmatizavam parte […]

Um terço dos argentinos está abaixo da linha da pobreza, diz governo

Um novo olhar

“Nem precisei do Google: havia casos de catarata suficientes na família”

Um novo olhar

Famílias em risco

Desemprego já ameaça convívio das famílias.

Famílias em risco

Difícil decisão

Com divergência entre três ministros, STF suspende votação sobre fornecimento de remédios.

Difícil decisão

Reforma do trabalho

Não mexer na CLT é um risco para a economia.

Reforma do trabalho

Corte nas pensões

Governo também quer reduzir reajustes de programas assistenciais, como Loas.

Corte nas pensões

Pacientes sofrem com falta de água quente nos chuveiros do Inca

Problema ocorre devido à instalação de novo sistema de aquecimento.

Pacientes sofrem com falta de água quente nos chuveiros do Inca

Saneamento básico precisa de choque de eficiência

A falta de dinheiro não explica a imensa lentidão desses projetos.

Saneamento básico precisa de choque de eficiência
Governo estuda desvincular benefícios do salário mínimo, confirma Padilha Governo estuda desvincular benefícios do salário mínimo, confirma Padilha

O governo quer desvincular o BPC para desestimular este tipo de benefício, pago a pessoas que completam 65 anos e recebem benefício assistencial de um salário mínimo mesmo sem contribuir para a Previdência.

Leia mais
Um terço dos argentinos está abaixo da linha da pobreza, diz governo Um terço dos argentinos está abaixo da linha da pobreza, diz governo

Folha – 29.09.2016 LUCIANA DYNIEWICZ Um em cada três argentinos está abaixo da linha da pobreza, de acordo com o primeiro levantamento sobre o assunto realizado no país desde o fim de 2013. Nos últimos anos de Cristina Kirchner no poder, o governo decidiu não ter estatísticas de pobreza por considerar que elas estigmatizavam parte […]

Leia mais
Milícias transformam eleição no Rio em faroeste Milícias transformam eleição no Rio em faroeste

O Rio vive a tempestade perfeita: em autodeclarado estado de calamidade financeira, é incapaz de sustentar suas forças de segurança (fora as de saúde, educação etc.)

Leia mais

O Brasil pode ser melhor

“Não há política pública mais transformadora do que a correta aplicação do dinheiro público, com transparência e eficiência.” Aécio Neves

Declaração do senador Aécio Neves durante o anúncio do “déficit zero” nas contas do Estado, em novembro de 2004.