CENTRO DIA SERVIÇO ESPECIALIZADO PARA A PESSOA COM DEFICIÊNCIA
Responsável: Prefeitura de Belém do Pará
Comentários desativados em CENTRO DIA SERVIÇO ESPECIALIZADO PARA A PESSOA COM DEFICIÊNCIA

Um marco na garantia de Direitos em Belém

O Prefeito Zenaldo Coutinho está mudando a vida das pessoas com deficiência em Belém. Logo no início de sua gestão, janeiro de 2013, o novo prefeito começou um movimento de integração de diferentes ações para garantir direitos e consolidar uma política digna de atendimento à pessoa com deficiência.

O Centro Dia de Serviço Especializado representa essa política com excelência. O Centro é gerenciado pela Fundação Papa João XXIII, que desenvolvo ações de proteção social junto a segmentos mais vulneráveis da população em risco pessoal e social.  O Centro Dia.

Com capacidade para atender de 30 a 150 usuários de 18 a 59 anos de idade, o primeiro Centro Dia de Belém está capacitado para receber pessoas com vários tipos de deficiência, como intelectual, auditiva, física, visual, mas tem como foco a pessoa com deficiência em situação de pobreza, risco social, vivendo privações.

Um lugar também para a família

O acolhimento oferecido pelo Centro Dia representa uma mudança fundamental na vida não apenas das pessoas com deficiência que poderão usufruir de um espaço projetado especialmente para elas.  As famílias dessas pessoas têm no Centro Dia um espaço de acesso a outras políticas públicas, mas principalmente têm, agora, a oportunidade de buscar trabalho e gerar renda enquanto o membro mais vulnerável da família está sob a proteção da Prefeitura de Belém.

O Centro Dia funciona das 8h às 16h, de segunda a sexta-feira e dispõe de uma equipe interdisciplinar capacitada para desenvolver diferentes atividades, como oficinas educativas, lúdicas e recreativas.  A equipe é formada por cuidadores, assistente social, psicólogo, terapeuta ocupacional, fisioterapeuta, além do coordenador.

O acesso ao serviço é viabilizado pelo Centro de Referência Especial de Assistência Social, pelo Centro de Referência de Assistência Social ou através de encaminhamento de uma Unidade de Saúde.

O que é mais importante ressaltar é que o Centro é, enfim, uma oportunidade de renovação da vida e da esperança para quem pode ser um pouquinho diferente, mas que jamais pode ser desigual.